Visita ao Memorial Minas Gerais Vale em BH

Ei pessoal, tudo bem? O post de hoje é sobre uma visita ao museu Memorial Minas Gerais Vale, um lugar que me surpreendeu! Se você estiver com viagem marcada para Belo Horizonte ou morar na cidade/arredores vá visitar esse lugar, vale a pena!

O Museu fica situado na Praça da Liberdade, cartão postal da capital mineira! Eu morei durante alguns anos em Belo Horizonte e nunca tinha ido visitar o local.

Quando fui a BH e fiquei hospedada no Hostel 300, me indicaram esse museu e eu resolvi ir pois fiquei curiosa. No final eu simplesmente adorei!

Memorial Minas Gerais Vale
Memorial Minas Gerais Vale

# Informações para planejar a visita

Quanto custa? A entrada é gratuita.

Qual os dias e horário de funcionamento? Terça, quarta, sexta e sábado das 10h às 18h (última entrada às 17:30); quinta das 10h às 22h (última entrada às 21:30); domingo das 10h às 16h (última entrada às 15:30). Não abre segunda-feira.

Qual é o site oficial? http://memorialvale.com.br

Qual é o endereço? Praça da Liberdade, 640, esquina com a Rua Gonçalves Dias.

Jardim interno.
Jardim interno.

# O Memorial Minas Gerais Vale

É uma parceria entre a Vale e o Governo de Minas Gerais. Nele a história de Minas Gerais é contada de uma forma original e interativa. O visitante é instigado a descobrir a história e os costumes mineiros do século XVIII até os dias de hoje.

Possui 31 salas divididas em 3 pavimentos, lá a tecnologia é usada em conjunto com objetos e cenários tradicionais para criar um ambiente rico e futurista. Além das salas com as exposições, há um Café onde o visitante pode saborear o tradicional pão de queijo e ver uma exposição de cachaças de diversas regiões do estado.

Memorial Minas Gerais Vale
Memorial Minas Gerais Vale

Observação: logo na entrada existe um sala com armários gratuitos onde o visitante pode guardar a bolsa/mochila.

# As Salas do Memorial

Antes de começar a falar das salas, vale ressaltar que não há uma sequência determinada para percorrê-las, assim você terá total liberdade para fazer a visita do seu jeito. Aconselho separar de 2 a 3 horas para explorar o memorial com calma.

1º andar

No 1º andar o objetivo é mostrar a vida e as obras de grandes escritores mineiros, como: Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade, Sebastião Salgado e Lygia Clark.

Guimarães Rosa.
Guimarães Rosa.

“Minas é o rosário das cidades nascidas ao longo dos caminhos talhados pelo ouro e diamantes em direção ao mar, por onde a metrópole se ligava ao interior. É o mundo da ordem. Gerais é o interior, a ausência de governo, o espaço vazio, a fronteira aberta, a inexistência da ordem.”

Camisa exposta no Memorial Minas Gerais Vale
Camisa exposta no Memorial Minas Gerais Vale

Na sala de Sebastião Salgado, que é um dos mais prestigiados fotógrafos do mundo, é possível ver algumas fotografias deste grande sonhador que saiu pelos continentes registrando os problemas e dramas dos homens.

“Um viajante incansável, que faz da sua vida uma jornada em busca de um mundo mais fraterno, onde a solidariedade tenha mais importância do que o mercado, o capital.”

Sala Sebastião Salgado
Sala Sebastião Salgado

Neste andar, no “espaço ler e ver” existe um mapa enorme de MG e é possível colar post its nele com as mais diversas mensagens. Uma forma bem legal de interação e comunicação. Além deste espaço, está situado no 1º andar o Café e o jardim.

Mapa de Minas Gerais com os Post Its
Mapa de Minas Gerais com os Post Its

2º andar

Nas salas deste andar o objetivo é conduzir o visitante às histórias, elementos e objetos que constituem a identidade mineira. Assim que você subir as escadas vai dar de cara com a sala que conta a história de Belo Horizonte, nela tem um sofá pra você assentar e escutar a história contada na TV, não vou dar spoilers aqui, vá por mim e assista a apresentação.

Igreja histórica de Minas Gerais
Igreja histórica de Minas Gerais

Logo à direita de quem sobe está a sala que fala sobre a história da Inconfidência Mineira, no centro dela tem algumas poltronas para o visitante sentar e ver a história da Inconfidência contada por diversos participantes, como: Tiradentes, Tomás Gonzaga, Marília de Dirceu, Padre Rolim, Joaquim Silvério dos Reis e outros. A história é apresentada de forma lúdica e surpreendente, muito legal para adultos e crianças.

Outra sala que achei interessante foi a “Fazendas Mineiras”, que mostra diversos objetos dos séculos XVIII e XIX espalhados pelo chão, paredes e teto. Ali é possível conferir, também, alguns vídeos de Humberto Mauro, grande cineasta mineiro.

Sala Fazendas Mineiras
Sala Fazendas Mineiras

Uma sala que eu particularmente não gostei tanto, mas vi muitas crianças se divertindo, foi a da “Minas rupestre”, que remonta uma caverna com registros rupestres. A sala é escura e as crianças estavam com lanternas e tinham que achar marcas de mão espalhadas pelo espaço, pareceu divertido hehe

3º andar

No 3º andar você vai encontrar salas com exposições temporárias de novos talentos mineiros, um auditório para eventos culturais, um espaço onde é possível observar cerâmicas de artistas do Vale do Jequitinhonha, e uma sala onde é possível ver vídeos com apresentações de dança/ teatro/ música.

Obras expostas no Memorial
Obras expostas no Memorial

Pelo que eu contei pra você, deu pra perceber que o Memorial Minas Gerais Vale é um programa bem legal tanto para adultos quanto crianças, né?! Se tiver alguma dúvida ou sugestão, deixa um comentário pra gente aqui embaixo. Siga nosso Instagram (@partiuviajarblog )e fique por dentro das nossas viagens e aventuras!

Um beijo e até mais!!

(Visited 20 times, 1 visits today)

RELACIONADOS