Relatos de viagem: conhecendo a belíssima Salzburg, na Áustria

Olá viajante, tudo bem? Na coluna “Relatos de Viagem” de hoje vou contar sobre minha experiência viajando para Salzburg, na Áustria. Conheci a cidade em junho de 2018, em uma viagem que fiz com meu marido por algumas cidades da Europa. Existem boas opções de turismo em Salzburg, a cidade é belíssima e os passeios pelos arredores são incríveis.

Fizemos Salzburg de base e dormimos 5 noites. Chegamos de trem, pois saímos de Berlim – com uma baldeação em Munique. A estação é super organizada, conta com um mercado excelente da rede SPAR e a região ao seu redor – ao contrário de muitas cidades europeias – é uma boa opção de hospedagem, já que a localização facilita alguns bate-volta de trem e de ônibus.

Vista de Salzburg da Fortaleza Hohensalzburg | Turismo em Salzburg e arredores
Vista de Salzburg da Fortaleza Hohensalzburg | Turismo em Salzburg e arredores

Ficamos hospedados em um apartamento do AirBNB (na Saint Julien Street, 3). Inicialmente, eu queria me hospedar na old town, mas os preços estavam bem altos, além de haver poucas opções. O local que ficamos era bem confortável, com vista lateral para o rio Salzach e foi um ótimo custo-benefício. Parece que o proprietário é dono de todos os apartamentos do andar. Dali acessávamos a pé a estação (650 m) e a old town.

# Turismo em Salzburg – Conhecendo a cidade

Em nosso primeiro dia, fatigados da viagem, decidimos just relax. Fomos ao Biergarten da Augustiner e amamos. O lugar é gigante e conta com mesas dentro e fora. Você escolhe o que comer entre vários stands, pega sua caneca, lava nas pias comunitárias e compra sua cerveja. Senta-se naqueles mesões, lado a lado com os locais.

No segundo dia conhecemos a old town. Fomos até o Palácio de Mirabell e andamos por seus jardins. À noite são apresentados concertos de ópera em uma das salas do Palácio. Seguimos para o centro margeando o rio Salzach , onde nos deparamos com a casa de Mozart – afinal, Salzburg é a cidade natal do músico –, passamos por ruelas encantadoras, por artistas de ruas, subimos até a Fortaleza de Hohensalzburg e tivemos uma visão maravilhosa da cidade.

Berchtesgaden - Alemanha.
Berchtesgaden – Alemanha | Turismo em Salzburg e arredores

# Passeio em Berchtesgaden – Alemanha

Dia seguinte, aproveitamos o bom tempo e pegamos um ônibus para Berchtesgaden, uma cidade alemã situada nos alpes bávaros. Pense num lugar incrível… Multiplique por 100! Acho que passaria facilmente mais uns 3 dias explorando essa região.

Fizemos o passeio de barco que leva aos lagos Konigssee e Obersee. Sabe aquela imagem da grama verdinha, alpes ao fundo com resquícios de neve, lagos transparentes e vaquinhas milka pastando ao som de seus sininhos? Cenário de filme… Percorremos o segundo lago, nadamos… Só não exploramos mais porque não havia mais tempo. Mas a região conta com inúmeras trilhas, algumas até difíceis e só recomendadas por pessoas equipadas. Há também outras opções, como a subida pelo teleférico até o alto da montanha Jenner e o passeio ao Ninho da Águia – a casa de campo de Hitler – com uma vista espetacular da região.

Hallstatt
Hallstatt | Turismo em Salzburg e arredores

# Lake Gousasse e Hallstatt

No terceiro dia, alugamos um carro e partimos para conhecer o Lake Gosauseen. Só o caminho já é um espetáculo à parte, pois o Glacier Dachstein descortina-se aos nossos olhos. Maravilhoso. Estacionamos o carro e fizemos uma trilha ao redor do lago. A combinação lago + picos austríacos é impagável. Seguimos até Hallstatt, um charmoso vilarejo eleito patrimônio mundial pela Unesco. Aquelas casinhas… Aquelas montanhas… Aquela paz…

Lake Gosauseen
Lake Gosauseen | Turismo em Salzburg e arredores

# Eisriesenwelt – A maior caverna de gelo do mundo

No último dia amargamos um péssimo tempo. Choveu canivetes. A opção era por um lugar fechado, pois não havia a menor condição de fazer programação ao ar livre. Ou ficar em casa (o que seria um desperdício em se tratando daquela região).

Segui a dica da amiga de um amigo, que atualmente mora em Salzburg, a Josi, e rumamos de carro para Eisriesenwelt: a maior Ice Cave do mundo. Colocamos roupas térmicas por baixo das roupas (pois a temperatura na cave é abaixo dos 0ºC) gorros, guarda-chuvas a postos e… Subimos… Subimos… Subimos… Parte a pé e parte por teleférico. Como chovia muito e estava tudo encoberto, não tivemos a visão da parte debaixo.

Checklist: O que levar na bagagem de viagem

Para não esquecer de levar os itens essenciais em sua viagem, baixe gratuitamente o Checklist: O que levar na bagagem de viagem

Lá em cima, os guias dividem os grupos entre as visitas em inglês e alemão. E abrem a porta da geladeira: nunca senti uma rajada de vento tão forte e tão gelada em toda minha vida. O passeio se dá dentro da cave, em fila indiana, por caminhos demarcados e esculpidos dentro do gelo.  Ao longo dele, o guia conta histórias da cave, quando foi descoberta, como ela se conserva até mesmo no verão etc.

Berchtesgaden e seu lago Obersee.
Berchtesgaden e seu lago Obersee | Turismo em Salzburg e arredores

Não há iluminação artificial. Toda a luz do tour é garantida por algumas lamparinas distribuídas aos turistas. A caverna é impressionante. São 1400 degraus, esculturas de gelo por galerias…Pena que a fotografia é proibida.

Eisriesenwelt: a foto é do site da cave, já que é proibido fotografar.
Eisriesenwelt: a foto é do site da cave, já que é proibido fotografar.

Após esse passeio tão diferente, retornamos a Salzburg. Famintos e molhados, tudo o que queríamos era um lugar quentinho e gostoso. Encontramos o divino Barenwirt, que servia comida austríaca, cumprindo muito bem o seu papel em fechar com chave de ouro essa incrível parte da viagem. De Salzburg rumamos de trem para Munique. É possível comprar o Bayern Ticket, barateando um pouco o percurso.

Esse foi o relato da Laila! E aí, curtiu o turismo em Salzburg? Se você quiser que o relato de alguma viagem sua seja publicado aqui no blog basta nos mandar uma mensagem! Pode ser viagem nacional, internacional, em grupo, sozinho, intercâmbio, etc. O importante é  contar sua história e incentivar mais pessoas a viajar!

Você também pode entrar em contato conosco pelo Facebook ou Instagram.

Laila é funcionária pública e mora em Minas Gerais. Adora viajar e sempre que pode “cai” na estrada. Já foi para os Estados Unidos, África do Sul e vários países da Europa.

RELACIONADOS