Dicas para conhecer o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

Eiii, tudo joia? Você já ouviu falar no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu?! Se você gosta de natureza, paisagens exuberantes, arte rupestre e cavernas, você precisa conhecer esse Parque! A Isabela Gesteira (colaboradora do blog) foi até lá e no post de hoje vai dar dicas pra você curtir o local.

Parque Nacional Cavernas do Peruaçu
Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

O Parque possui uma área total de 56,400 hectares e compreende os municípios de São João Das Missões, Januária e Itacarambi, no norte de Minas Gerais. Sua entrada principal está localizada na comunidade do Fabião I, em Januária.

Quando eu recebi o convite para visitar o parque, não fazia ideia do quão exuberante são as belezas que lá se encontram! É um lugar que poucas pessoas conhecem no Brasil e que definitivamente vale muito a pena ser visitado!

# Como chegar

O Parque fica a 660 km de Belo Horizonte e a 570 km de Brasília. Quando eu fui com meus amigos, estávamos em Juvenília e de lá fomos de carro até o Parque (Januária). Para saber quais sãos as opções e quais são as melhores formas de chegar até lá saindo de onde você está, basta consultar o Google Maps.

Parque Nacional Cavernas do Peruaçu
Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

# Atrações

O parque é recheado de trilhas, mirantes e cavernas de diversos tipos. Para visitar é necessário contratar os serviços de um condutor ambiental credenciado pelo ICMBio.

Quando eu fui, agendei o passeio pessoalmente na sede do Parque Nacional, pois eu e meus amigos decidimos tudo de última hora, não pesquisamos nadinha antes e não fazíamos ideia de como funcionavam as coisas por lá hahaha. Entretanto, é possível (e indicado) agendar com antecedência. Para realizar o agendamento basta entrar no site do ICMBio, lá tem diversas informações sobre o parque.

Quem guiou meu passeio foi o condutor Célio, super recomendo! Ele é extremamente competente!

Parque Nacional Cavernas do Peruaçu
Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

Em relação ao valor, varia de acordo com o roteiro (você poderá escolher quais atrações quer visitar, de acordo com seus interesses e condicionamento físico) e o tamanho do grupo. Eu fui pra lá em setembro/ 2017 e meu grupo pagou R$150,00 (éramos três pessoas).

Lembrando que, para conhecer todas as atrações abertas ao turista, é necessário no mínimo três dias!

A principal atração do parque é a Gruta do Janelão! É lá que está localizada a maior estalactite do mundo, chamada de Perna da Bailarina. Esta gruta é composta por paredões rochosos imensos, vários espeleotemas e salões colossais. Totalmente diferente de todas as cavernas que já visitei. Além disso, o Rio Peruaçu corta a caverna de uma ponta a outra, o que auxiliou na criação de uma pequena fauna e uma mini floresta que existem dentro da gruta. O lugar é uma obra-mestra ao ar livre que impressiona todos os visitantes!

Parque Nacional Cavernas do Peruaçu
Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

Outras atrações comumente visitadas e de fácil acesso são: Lapa dos Desenhos, Lapa do Boquête, Gruta Bonita e a Lapa do Índio.

Durante as trilhas e durante a visita nessas atrações, o visitante encontrará mirantes onde é possível admirar as variações da mata no parque, pinturas rupestres muito conservadas e uma diversidade de outros tantos detalhes que só da para observar durante as visitas no Parque do Peruaçu.

Pinturas Rupestres no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu
Pinturas Rupestres no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

# Hospedagem e Alimentação

Eu e meus amigos nos hospedamos no dormitório da Dona Odete. A Odete é uma senhora muito simpática, que aluga alguns quartos na casa dela. Tudo bem simples, mas a recepção dada pela Odete é impecável. O café da manhã também é simples, mas muito bem feito e gostoso! Para reservar a hospedagem, basta ligar pra Dona Odete: 038 99113-3403.

Em relação à alimentação, na região do Fabião I (onde está localizado a entrada principal do parque) não tem muita opção. No dia em que chegamos, fomos em um barzinho onde comemos uma porção de fritas c/ carne e combinamos o almoço do dia seguinte. O dono do estabelecimento, com sua esposa, ajeitou um almoço a la carte simples e gostoso pra gente a um preço justíssimo (R$15,00 por pessoa).

No dia seguinte, tomamos café da manhã com a Dona Odete e ela mesma preparou lanches para levarmos pro parque (R$5,00 o lanche, por pessoa).

Parque Nacional Cavernas do Peruaçu
Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

# Dicas complementares

1) Para visitar o Parque é obrigatório utilizar sapato fechado! Então não esqueça o seu tênis.

2) No norte de MG o clima é bem seco e super quente (praticamente o ano todo)! Leve roupas confortáveis e fresquinhas.

3) Próximo ao parque não tem muitas opções de mercadinho e lanchonete. As poucas opções existentes não abrem aos domingos, então, caso você vá para lá no final de semana, recomendo que leve água mineral e lanches, para não passar aperto.

Bom, é isso…ficou alguma dúvida? Qualquer coisa é só deixar um comentário aqui embaixo. Até mais!

(Visited 18 times, 1 visits today)

RELACIONADOS