Mochilão pela Europa: Informações gerais

Hoje estamos inaugurando mais uma de nossas famosas séries: “Mochilão pela Europa”. Nesta série vou contar tudo que você precisa saber para fazer um mochilão pela Europa.

O mais legal é que eu vou fazer isso enquanto estiver fazendo o meu próprio mochilão. Além de posts, vou fazer muitos vídeos. Ative as notificações no Blog e se inscreva lá no nosso Canal no YouTube para não perder nada!

Os primeiros posts serão sobre planejamento, pois não bastar decidir que vai fazer um mochilão, pegar a mochila e ir, né?! Tem todo um planejamento antes de embarcar.

No post de hoje vou passar algumas informações gerais sobre a Europa, como visto, seguro etc. Se preferir, você pode ver o vídeo de 6 minutos no final do post. Lá eu explico tudo o que escrevi aqui embaixo.

Planejando um Mochilão pela Europa
Planejando um Mochilão pela Europa

# Documentos obrigatórios:

– Passaporte com validade de pelo menos 6 meses a contar da data de volta ao Brasil. Esse prazo pode variar de um país para outro, por isso sugiro 6 meses, pode ser menos, mais que isso nunca vi.

– Passagem aérea de ida e volta Se você for ficar mais de 90 dias no continente europeu, é preciso apresentar documentos que comprovem o que pretende fazer. Se for ficar mais de 90 dias nos países que fazem parte do Tratado de Schengen, será necessário um visto;

– Seguro saúde com cobertura de pelo menos 30.000 euros. Das vezes que fui para a Europa, utilizei o seguro da VITAL CARD, que é uma empresa de Curitiba.

Eles possuem umas coberturas com valor bem bacana e o atendimento é muito bom. Recentemente, o blog fez uma parceria com eles.

Assim, quem quiser um orçamento (sem compromisso) basta clicar aqui ou no banner da Vital Card no blog. Fechando o seguro por aqui você nos ajuda a manter o blog online e não paga absolutamente nada a mais por isso.

Observação: alguns cartões de crédito disponibilizam um seguro se o passageiro tiver adquirido a passagem com o cartão, ligue para o seu cartão e veja como funciona.

Comprovantes de reserva de hotel/hostel ou carta convite, se for ficar na casa de alguém;

– Dinheiro (em espécie e cartão de crédito internacional) para comprovar que pode se manter no continente sem ter que trabalhar (da última vez que fui meu orçamento diário foi de 35 euros).

Placa com destinos na Europa - Mochilão pela Europa
Placa com destinos na Europa

# Preciso de visto pra fazer um Mochilão pela Europa?

Depende do tempo que pretende ficar lá, o que quer fazer e quais países vai visitar.

Se você pretende ficar até 90 dias, como turista, não precisa de visto. Você poderá passear e estudar algum idioma se quiser. Porém, não poderá trabalhar. Essa regra dos 90 dias é válida apenas para os países que fazem parte do Tratado de Schengen.

A Inglaterra, por exemplo, não faz parte do Tratado. Lá, brasileiros podem ficar até 180 dias com o visto de turista.

# Quais países fazem parte do Tratado?

O Tratado é um acordo entre 26 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Islândia, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Liechtenstein, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suíça e Suécia.

Na prática, quando você passar pelo primeiro país que faz parte do Tratado, você ganhará um carimbo no seu passaporte com a data que entrou (aí começa a contagem dos 90 dias).

Ao viajar de um país para outro não precisará passar pelo controle de passaporte, funciona como se fosse um voo doméstico.

Países que aderiram ao Tratado de Schengen - Mochilão pela Europa
Países que aderiram ao Tratado de Schengen – Foto: viagenseferias.net

# É possível ficar de forma legal por mais de 90 dias na Europa?

Sim. De acordo com o Tratado, os brasileiros podem ficar até 90 dias como turistas dentro de um período de 6 meses. Assim, você fica 90 dentro e depois precisa ficar 90 fora.

Nesses 90 dias que precisa ficar fora, poderá visitar os países que não fazem parte do Tratado, como: Andorra, Bósnia, Bulgária, Chipre, Croácia, Inglaterra, Irlanda, Romênia, Rússia, Sérvia, Turquia, Ucrânia.

# Melhor época do ano para fazer um Mochilão pela Europa

Na Europa as estações do ano são ao contrário daqui do Brasil. Enquanto aqui é inverno, lá é verão.

Se você está pensando em fazer um mochilão roots (levando pouca coisa, de mochila mesmo, sem mala de rodinha), o ideal seria ir na primavera/verão, pois no inverno vai ter que levar casacos, botas etc. Roupas de frio ocupam muito mais espaço!

Já escrevi aqui no blog alguns posts que podem ajudar nessa fase do planejamento do mochilão pela Europa:

Dicas de passagem aérea

Transporte de trem e ônibus pela Europa

Prós e contras de se hospedar em hostels

Dicas de acomodação

Pra quem ainda não leu, eu recomendo a leitura antes de passarmos para a próxima etapa do planejamento.

O vídeo em que eu falo sobre o planejamento de um mochilão pela Europa está logo abaixo.

Qualquer dúvida, já sabe, só deixar aqui nos comentários.

Beijos e até mais!

RELACIONADOS