Intercâmbio em Dublin: qual escola escolher?

Oi pessoal, tudo bem?! Esse post é para quem pensa em fazer um intercâmbio em Dublin, mas está em dúvida sobre qual escola escolher! Eu trabalhei durante algum tempo com intercâmbio e já mandei vários intercambistas para lá. Aqui vou usar o relato desses alunos + minha experiência para contar um pouquinho de algumas escolas para vocês.

O primeiro passo é estabelecer seu orçamento, pois os preços das escolas variam muito, principalmente em Dublin. Não adianta você escolher uma escola super top se não tiver grana para custear o intercâmbio, né?!  Lembre-se que além da escola, você vai gastar com passagem aérea, dinheiro para se manter no país (que dependerá do tipo de intercâmbio escolhido) e seguro saúde (principalmente se for fazer o intercâmbio de estudo + trabalho).

Separei as escolas por faixa de preço e citei apenas algumas opções, existem outras dezenas.

The Temple Bar localizado em Dublin
The Temple Bar localizado em Dublin

# Escolas mais baratas

Prós – quem escolhe essas escolas avalia principalmente o preço. Um curso de 6 meses custa em média R$6.000.

Contras – possuem um enorme número de brasileiros, pouquíssimo mix de nacionalidade, não havendo quase nenhum (ou nenhum) aluno europeu.

Já tive relatos de alunos que optaram por escolas baratas e adoraram a experiência. O aprendizado depende muito da dedicação do aluno também, como ocorre no Brasil.

Posso citar como exemplo escolas como a ICOT, ERIN, Liffey College, NED, ELA (English Language Academy).

Dentre estas que citei, a ELA e a NED são as queridinhas (apesar de não serem as mais baratas). A NED, por exemplo, tem uma estrutura física muito boa, fica situada em um prédio charmosinho na região central e tem professores muito bons.

Se você não tem muita grana, ou se já tem um nível de inglês avançado, e deseja colocar o que sabe em prática e aprender com o dia a dia, essas escolas são boas opções

Sala de aula da escola NED.
Sala de aula da escola NED.

# Escolas custo x benefício

Prós – preço acessível, menos alunos brasileiros, maior mix de nacionalidade e atividades extra curriculares.

Contras – não são tão baratas. Um curso de 6 meses custa em média R$10.000.

Quem vai para Dublin com o intuito de aprender inglês deve prestar bastante atenção na questão do mix de nacionalidades, pois estudar em uma escola que só tem alunos brasileiros e latinos não é a melhor escolha, principalmente se o seu inglês é nível iniciante. As escolas custo x benefício possuem um mix maior de nacionalidades. Algumas delas fazem um controle (de verdade) que, quando atingida a cota para certa nacionalidade, eles param de matricular alunos da mesma.

No início do intercâmbio a mente fica muito cansada, pois o cérebro tem que forçar para “traduzir” as coisas. Também temos que prestar muita atenção quando conversam com a gente para conseguir entender o que estão falando. Isso acontece por causa do sotaque e vale até para quem já tem o inglês intermediário. Aí, se do seu lado tiver um colega que fala português, você inconscientemente vai preferir fazer amizade com ele, pois não terá que se esforçar para se comunicar nos momentos que estiver fora da sala de aula. Acredite! Por mais focado que você esteja, isso realmente pode acontecer. Então, na minha opinião, as melhores escolas para quem quer aprender sem gastar muito são as dessa categoria.

Posso citar como exemplo escolas como a Delfin, ISI, IBAT, ATC.

A Delfin tem um controle bem rígido de mix de nacionalidades. A ATC é uma escola tradicional, bem irlandesa, com mais de 40 anos de experiência e com um baixo índice de alunos brasileiros. A IBAT (junto com a Delfin) é uma das queridinhas dos brasileiros, possui dois campus em Dublin, sendo que o primeiro deles fica a poucos metros do Temple Bar e o segundo é super novo, foi inaugurado em 2016.

Se você quer estudar em uma escola com menos brasileiros, mas não quer pagar muito por isso essas são opções bem interessantes!

Fachada de um dos campus da IBAT.
Fachada de um dos campus da IBAT.

# Escolas de categoria superior

Prós – pouquíssimos brasileiros, elevado mix de nacionalidade, muitas atividades extra curriculares, alto nível de ensino, organização e atendimento personalizado.

Contras – preço elevado. Um curso de 6 meses custa em média R$16.000.

São as melhores escolas para quem quer se dedicar ao aprendizado do inglês, tem o objetivo de ocupar o aluno integralmente, por isso oferecem cursos com carga horária intensiva e muitas atividades extra curriculares. Elas quase não possuem alunos brasileiros (média de 10% somente) e tem um controle bastante rígido do mix de nacionalidade.

Posso citar como exemplo escolas como a Atlantic, International House e Atlas.

A Atlantic e a Atlas são escolas irlandesas muito tradicionais. Já a Internacional House pertence a uma rede com escolas em vários países, sendo mundialmente conhecida.

Se você quer se dedicar ao aprendizado da língua inglesa e possui um orçamento maior essas escolas são uma ótima opção.

Recepção da escola Atlas.
Recepção da escola Atlas.

Se você ainda nem começou a pesquisar preços e deseja fazer alguns orçamentos é só clicar nesse link https://www.e-dublin.com.br/orcamento-facil/ do site E-Dublin e preencher o formulário disponível. Seus dados serão enviados para várias agências e escolas que entrarão em contato (algumas por telefone, outras por email) para entender suas necessidades e enviar orçamentos. Dica: crie um email só para suas pesquisas de intercâmbio, pois assim fica mais fácil organizar e localizar todas as informações e, após decidir a escola ou agência, você não terá seu email principal lotado de orçamentos e propagandas.

Por hoje é isso! Espero que o post ajude na escolha da escola, qualquer dúvida é só deixar um comentário aqui embaixo! Até o próximo post!!

RELACIONADOS